Edith González: relembre a vida e carreira dessa estrela das novelas latinas

Uma estrela no mais absoluto sentido da palavra, fina, elegante e carismática, entre tantos e saudosos talentos, neste dia 2 de novembro, vamos homenagear a atriz Edith González.  

Desde muito pequena, Edith tinha contato com o mundo dos espetáculos, atuando em peças teatrais na escola e trabalhando com eventos infantis. Sua vida mudou durante uma visita ao programa “Siempre En Domingo”, onde foi escolhida entre o público para interpretar um papel junto ao ator Rafael Baledón. Desde então, ela se tornou uma figura super-recorrente nas telenovelas mexicanas, se destacando como atriz infantil em filmes dos anos 70 como “El Rey de Los Gorilas” (1976), “Cyclone” (1977), “Fabricantes de pânico” (1980) e muitos outros.  

 
Durante sua juventude, foi se dedicando e se preparando para a atuação. Assim, chegou a uma das principais e mais emblemáticas peças teatrais do México: “Aventurera”, uma produção teatral da grande diva da Tv Mexicana, Carmen Salinas, no ano de 1998. Na história, Edith desempenhou o papel de uma mulher de vida fácil, sedutora e possessiva. 

 
Nas novelas, a atriz teve seu debut em “Los Ricos También Lloran”. Depois, devido ao seu talento e carisma, emendou em sequência outra trama: “Soledad”. E mais, ela esteve em “Bianca Vidal”, “Rosa Selvagem” e “Monte Calvário” nos anos posteriores. 

 
Em 1993, Edith González abalou as estruturas da TV mundial ao protagonizar a terceira versão, e mais aclamada, da novela “Corazón Salvaje”. No papel de Mônica, ela fez par romântico com Eduardo Palomo. A química com o ator foi tamanha que fez com que a novela se transformasse em um fenômeno jamais antes visto. Em seguida, ainda vieram novelas como “La Jaula de Oro” e “Nunca Te Olvidaré”, que protagonizou junto ao maior galã das novelas mexicanas: Fernando Colunga. 

 
Em 2002, deu vida a protagonista de uma novela do prestigiado produtor Juan Osorio, “Salomé”. Nesta, atuou ao lado do ator brasileiro Guy Ecker. Essa telenovela é um “remake” do famoso folhetim “Colorina”, que em 1980 foi estrelado por Lucía Méndez, cuja versão original é chilena e foi estrelada por Liliana Ross, em 1977. 

 
Em 2004, foi protagonista na telenovela “Mujer de Madera”, do produtor Emilio Larrosa, mas teve que interromper esse trabalho por causa da sua inesperada gravidez, sendo substituída pela atriz Ana Patrícia Rojo. Em 2006, ela fez sua triunfal volta à Televisa, tendo lugar no seu primeiro antagônico, a aclamada Joselyn em “Mundo de fieras” do produtor Salvador Mejía Alejandre. Nesta trama, a artista dividiu créditos com César Évora e a atriz venezuelana Gaby Espino. Aliás, “Mundo De Feras” estreia no meu app dia 22 de novembro, dublada e sem cortes, pelo canal TLN Network e no Catálogo VOD.  

 
Em 2008, a estrela trocou a Televisa pela Telemundo e viveu a protagonista de “Doña Barbara”, trama que “parou”, literalmente, os Estados Unidos em 2008. Foi uma das primeiras produções gravadas em HD e foi ambientada em Tolima, na Colômbia. Edith interpretou uma personagem com uma vasta gama de emoções que vão do ódio e vingança, ao amor e medo. Por isso este foi seu papel mais importante, tendo em conta as necessidades e as exigências físicas da personagem. 

 
Em 2010, Edith assumiu publicamente um novo relacionamento com o político mexicano Lorenzo Lazo, que na época era viúvo e já tinha uma filha. Boatos dizem que a relação entre eles tinha iniciado muito antes disso, mas ela sempre foi discreta. 

 
Em 2011, após um papel em “Camaleões”, Edith foi para a TV Azteca, a segunda principal emissora mexicana. Por lá, foi protagonista da novela “Cielo Rojo” de Eric Vonn, e “Vivir a Destiempo”, atualmente em exibição pelo canal Az Corazón na Guigo TV – disponível no Pacote Básico. Nesta trama, ela atua ao lado do grande ator Humberto Zurita.  

Edith ainda estrelou “Eva, La Trailera”, na Telemundo, e por fim “Três Familias”, seu último trabalho em teledramaturgia, na Tv Azteca.  

Em decorrência de um câncer no ovário, descoberto em meados de 2016, Edith González faleceu em 13 de junho de 2019. Sentimos saudade! 

Assista aos trabalhos de Edith González disponíveis aqui na Guigo TV:  

  • “Vivir a Destiempo”, em exibição pelo canal Az Corazón, de segunda a sexta às 07h30, às 13h30, às 19h30 e à 01h30. 
  • “Mundo de Feras”, a partir do dia 22 de novembro, na TLN Network e no Catálogo VOD. 

Enquanto a estreia não chega, assista aos títulos inéditos disponíveis no VOD, é só clicar aqui https://www.guigo.tv/

Related Posts

Leave a Reply

My New Stories